Após Brasileiro patrocinado pela Tempobet, Coritiba chama atenção por registrar metades dos gols do ano com bola parada

Após Brasileiro patrocinado pela Tempobet, Coritiba chama atenção por registrar metades dos gols do ano com bola parada

Depois de garantir o acesso para a elite do futebol nacional, o Coritiba está chamando a atenção pela pontuação faturada com ajuda de uma arma muito interessante: a bola parada. Ou seja, os gols anotados a partir de cobranças de faltas, escanteios e pênaltis. Sendo assim, o time paranaense vai se preparando para disputar o Campeonato Brasileiro patrocinado pela casa de apostas, Tempobet.

Com as melhores odds do mercado, o site conta com um diversificado serviço de apostas esportivas e está disponível em vinte línguas diferentes, inclusive em português. Além disso, a empresa com sede na cidade de Londres desembarcou na Série A na 14ª rodada e virou notícia no portal iGaming Brazil: “Estreia da Tempobet Marca Rodada no Brasileirão 2019”.

Já a aposta ofensiva do Coxa se mostra poderosa, uma vez metade dos tentos anotados pelo time neste ano partiram desse tipo de lance. No total, o time comandado pelo treinador Eduardo Barroca balançou as redes adversárias em 24 oportunidades. Isso significa que 12 gols foram marcados de bolas paradas.

A utilização dessa arma se transformou em uma opção bastante relevante da equipe, sobretudo, nos confrontos mais complicados e a fim de quebrar zagas fechadas. Em entrevista coletiva, o volante Matheus Sales reconheceu que a bola parada passou a fazer parte do estilo do jogo do Coxa e espera que os gols continuem saindo até o fim da temporada.

Vale salientar que os tentos de cabeça e de falta estão saindo com mais freqüência nas jogadas do time. Até agora, foram cinco gols oriundos de cabeçadas certeiras e outros três tentos a partir de cobranças de falta. Neste quesito, o atleta que está se destacando nas jogadas de bola parada é o zagueiro Rhodolfo. O defensor já comemorou três gols com a camisa do Coritiba, sendo todos depois de cobranças de escanteios.

Com relação às penalidades, o Coritiba ainda está com números baixos. Isso porque o clube registra somente uma bola na rede nesta jogada, anotada pelo atacante Sassá, em duelo contra o Londrina. Portanto, esse é um ponto que ainda precisa ser aprimorado por Eduardo Barroca e os seus comandados para de manter o alto nível de acertos até o Brasileirão.

Como montar um negócio de Estética e Depilação